VOLTAR

Levantamento de seres vivos no solo pode impulsionar agricultura

FSP, Ciência, p. A17
23 de mar de 2006

Levantamento de seres vivos no solo pode impulsionar agricultura

Reinaldo José Lopes

Para pesquisadores reunidos pelo Pnuma (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), a chave para usar a biodiversidade em favor da agricultura pode estar bem debaixo dos seus pés. Eles concluíram a primeira parte de um levantamento sobre os seres vivos que habitam o solo e mantêm sua vitalidade.
"O nosso desafio agora é descobrir como podemos usar isso para criar formas sustentáveis de agricultura", disse o holandês Jeroen Huising, coordenador do projeto no TSBF-CIAT (Instituto de Fertilidade e Biologia do Solo Tropical). Os resultados do trabalho, incluindo um estudo na Amazônia brasileira, foram apresentados durante a COP-8, em Curitiba.
No braço nacional do projeto, Fátima Maria de Souza Moreira e seus colegas da Universidade Federal de Lavras levantaram mais de 15 mil novos espécimes de invertebrados e microrganismos do solo da floresta na região do Alto Solimões. A equipe também comparou a comunidade de seres vivos na mata virgem, em capoeiras (áreas em estado de regeneração florestal) e no pasto.
O resultado é que a mata e a capoeira tinham biodiversidade de solo muito maior do que o pasto. Para Moreira, isso explica por que "você nunca ouve falar de floresta sofrendo com pragas". "Na floresta, claro que há pragas, mas a presença de outras espécies as mantêm sob controle."

FSP, Ciência, 23/03/2006, p. A17

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.