VOLTAR

Estudo sobre milho transgênico não era secreto, afirma Monsanto em nota

FSP, Ciência, p. A16
24 de Mai de 2005

Estudo sobre milho transgênico não era secreto, afirma Monsanto em nota

A empresa multinacional Monsanto reafirmou ontem, em nota enviada à Folha, a segurança de seu milho geneticamente modificado MON 863. Em reportagem do jornal britânico "The Independent", reproduzida na edição de anteontem, afirmava-se que essa variedade havia causado anormalidades nos rins e no sangue de ratos alimentados com ela. O "Independent" dizia ainda que o estudo era secreto, coisa que a empresa nega na nota oficial.
"A empresa esclarece ainda que, ao contrário do informado, o estudo não é confidencial e sempre esteve disponível a quem quisesse consultá-lo, sob pedido à empresa, sendo inclusive submetido às agências regulatórias européias", diz a nota. Segundo o texto, o suposto sigilo deve-se ao fato de que "como é de praxe, as empresas não costumam tornar público esses documentos, por se tratar de questões estritamente técnicas".
A empresa afirma que os mesmos dados do estudo divulgado pelo "Independent" foram avaliados pela Autoridade Européia de Segurança Alimentar, que não teria constatado anomalias nos ratos.

FSP, 24/05/2005, Ciência, p. A16

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.